terça-feira, 6 de abril de 2010

Antes de você ir embora:

eu estava fumando um cigarro. lento, ele passou pela porta e entrou no quarto. eu não vi. andou como um ator que já está farto de representar. sentou-se ao meu lado. acescendeu também o seu cigarro. ficamos os dois ali, fumando em silêncio.

antes de você ir embora eu queria pedir para que você ficasse. mas não. eu sei como essa nova fase vai ser boa para você. antes de você ir embora eu queria lhe dizer que todos os momentos que passamos juntos foram incríveis e que, TALVEZ, eu até lhe entenda um dia por ter deixado o coelho cair. antes de você ir embora eu queria saber se posso ficar com os livros que sublinhamos juntos e também com algumas fotos que fizemos. antes de você ir embora eu queria um último beijo, uma última trepada e acho que até uma última briga. antes de você ir embora eu queria lhe dizer que todas as minhas tentivas de lhe esquecer foram em vão. antes de você ir embora eu queria que você soubesse que quero ver sempre as suas estréias. que eu te acho lindo no palco e que você é a minha justificativa para existência do teatro. antes de você ir embora eu queria dizer que quando disse que você não estava bem no papel Jazão eu menti. implicância boba. coisa de quem ama muito. você estava lindo, a peça era sua. a crítica lhe disse isso. eu sei. ou você não lembra que fui eu quem comprou o jornal e o deixou na cama com flores e um suco de laranja? antes de você ir embora eu queria ter a certeza de que Belo Horizonte é logo ali e que vamos poder nos falar sempre por email. por sms. por carta. por telefone. por telepatia. antes de você ir embora eu queria ter a certeza de que lá você não encontrará um novo amor, que não vai abandonar nossa casa e vai levar na mala um porta-retrato com a foto de nossa pequena família. antes de você ir embora eu queria lhe dizer que o seu espaço vai estar sempre aqui, como você vai deixá-lo.

apagamos os cigarros. nos levantamos. com a chave do carro nas mãos descemos. elevador. chuva. trânsito. aeroporto. avião. viagem. para você todo o afeto que construimos.

Um comentário:

Patrícia Teles disse...

Belo Horizonte é logo ali...